PUBLICIDADE
Notícias

Lewandowski cala sobre 'corte bolivariana' de Mendes

11:40 | 06/11/2014
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou nesta quinta-feira, 06, que a "história do Supremo tem mostrado total independência dos ministros" da Corte. Ele não quis comentar a declaração do colega, ministro Gilmar Mendes, que falou que o Supremo corre risco de se tornar uma "corte bolivariana" em razão da extensa quantidade de nomeações de governos do PT para o STF.

, mas apontou que, "se o povo brasileiro escolheu determinado partido e a Constituição faculta à Presidência da República indicar membros do STF", é uma possibilidade que se abre para o presidente.

A escolha do novo ministro para ocupar o lugar de Joaquim Barbosa, que deixou a Corte, é "difícil", segundo ele. "Deve haver consultas, como sempre tem sido feito. O nome indicado normalmente é consensuado na comunidade jurídica", destacou o ministro, durante café da manhã com jornalistas.

TAGS