PUBLICIDADE
Notícias

PMDB elege 4 governadores; PT, três; e PSDB, dois

23:50 | 05/10/2014
PMDB e PT, principais partidos de sustentação da presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), saíram na frente dos adversários e foram os que mais elegeram governadores nos 13 estados que definiram a eleição no primeiro turno. O PMDB elegeu quatro governadores e o PT, três. O PSDB, do candidato a presidente Aécio Neves, reelegeu Geraldo Alckmin em São Paulo e Beto Richa no Paraná sem a necessidade de segundo turno.

O PMDB elegeu os governadores Renan Filho, em Alagoas, Paulo Hartung, no Espírito Santo, Jackson Barreto, em Sergipe e, no Tocantins, Marcelo Miranda. Os eleitos do PT foram Rui Costa, na Bahia, Fernando Pimentel, em Minas Gerais, e o partido ainda reelegeu Wellington Dias, no Piauí.

PSB, com Paulo Câmara em Pernambuco, PCdoB, com Flávio Dino no Maranhão, PDT, com Pedro Taques em Mato Grosso e PSD, com a reeleição da Raimundo Colombo em Santa Catarina, foram os quatro outros partidos que também elegeram governadores na votação de hoje sem a necessidade de segundo turno.

Apesar de a votação eletrônica no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontar a reeleição em primeiro turno do governador de Roraima, Chico Rodrigues (PSB), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) daquele estado ainda não contabilizou os votos de Suely Campos (PP). Ela assumiu em setembro a vaga do marido, Neudo Campos (PP), que desistiu da disputa após ter a candidatura impugnada. Com a contabilização manual dos votos, o segundo turno no estado deverá ser entre Rodrigues e Suely, segundo o TRE de Roraima.

Outros 13 estados e o Distrito Federal terão eleições entre os dois mais bem colocados no próximo dia 26 de outubro, com destaque para o terceiro maior colégio eleitoral do País, o Rio de Janeiro, com a disputa entre Luiz Fernando Pezão (PMDB) e Marcelo Crivella (PRB).

TAGS