PUBLICIDADE
Notícias

Petistas organizam manifestação em resposta ao PSDB

20:40 | 23/10/2014
Um dia depois de um ato que reuniu cerca de 10 mil pessoas a favor da candidatura do tucano Aécio Neves, nesta quinta-feira foi a vez dos militantes petistas organizarem uma manifestação em defesa da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) no Largo da Batata, na zona oeste da capital paulista.

O evento, que começou por volta das 18 horas, reúne, neste momento, pouco mais de mil pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar. O presidente estadual do partido, Emídio de Souza, é uma das poucas lideranças do partido presente. "Foi um movimento espontâneo da juventude que viemos apoiar", afirmou.

Segundo ele, a grande mobilização da militância deve acontecer amanhã (24) em uma caminhada pelo centro de São Paulo com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "A nossa resposta vai ser amanhã com zero de agressividade, como está sendo aqui hoje", disse Emídio, destacando que, para ele, o ato de ontem a favor de Aécio teve um tom muito agressivo.

Além de Emídio, estiveram no Largo da Batata o ex-ministro e candidato derrotado ao governo Alexandre Padilha e o deputado Vicente Cândido. Não há previsões de discursos. O clima do evento é pacífico com jovens de vermelho, muitos tomando cerveja, carregando bandeiras, pintando camisetas e distribuindo adesivos. Nos intervalos das atrações musicais, jovens puxam coro de "Olê, olê, olê, olá, Dilma" e "o povo presente, Dilma presidente". Os jovens também lembraram o coro "quem não pula é tucano", que ganhou força na segunda-feira, 20, em evento na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, quando a Dilma também pulou. Há pouco, um dos organizadores leu o resultado das pesquisas divulgadas hoje, que mostram Dilma em vantagem na comparação com Aécio, e os militantes celebraram.

Convocação virtual

O ato, também convocado pelas redes sociais, foi denominado "Bonde valente", em referência ao apelido "Coração Valente" dado a Dilma nesta campanha. A página criada pelo Facebook par organizar o evento tem 44 mil pessoas convidadas e 5,1 mil confirmadas.

Ao conclamar os eleitores de Dilma, os organizadores pedem que os manifestantes coloquem "a cara e o sorriso na rua nesta quinta por uma cidade livre e um País sem retrocessos", diz a página.

Além de um ato de apoio, o evento terá shows musicais com o DJ Tutu Moraes e convidada como Lirinha, Catarina de Jah, Fábio Trummer, Barbara Eugenia, Rafaella e o Coco Macumbo. "Vá de vermelho! e dance como se ninguém estivesse olhando", diz a convocação, que ainda sugere a utilização de transporte público e pede que os militantes cuidem do seu próprio lixo.

TAGS