PUBLICIDADE
Notícias

Defeito em urnas provoca filas em Teresina e João Pessoa

16:10 | 05/10/2014
As seções agregadas e a votação biométrica causaram uma grande confusão nos locais de votação neste pleito em Teresina. As seções lotadas e problemas na leitura da digital dos eleitores levaram a filas com espera superior a 2 horas e 30 minutos e ainda tem problemas com urnas eletrônicas com defeitos que tiveram que ser substituídas. Muitos eleitores votaram assinando uma cédula de votação, porque não conseguiram ser identificados biometricamente, e outros desistiram da votação.

Há muita reclamação nos locais de votação, por conta das filas, da demora e do calor, com temperaturas em torno de 37°C. Os mesários tentam contornar os problemas com falhas na leitura biométrica e o excesso de reclamações. Numa parcial, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Piauí, desembargador Edvaldo Moura, confirmou que até o inicio da tarde, de 8 mil urnas, 41 urnas eletrônicas apresentaram problemas e foram substituídas. Mas, outras apresentam problemas na leitura da digital do eleitor.

"Estou há duas horas na espera. Trouxe minha mãe que é idosa e temos que passar por isso. Se o voto fosse facultativo, não estaríamos passando por isso. Votar não se configura em um direito e sim uma obrigação", reclamou o técnico em telecomunicações Antonio Albuquerque na seção da Unidade Escolar Matias Olímpio, no bairro Porenquanto.

O presidente do TRE-PI, desembargador Edvaldo Moura, comentou que é a primeira vez que houve votação com leitura biométrica e ainda tem a falta de experiência. "Mas estamos superando os problemas com a atuação dos técnicos da Justiça Eleitoral", comentou. Ele demonstrou preocupação com as detenções e disse que a Justiça Eleitoral está tranquila, porque está cumprindo com o seu dever. Mas as polícias estão investigando e apurando os casos de infração e as pessoas responsabilizadas por fraude serão severamente punidas. "Elas responderão a processo e sentirão o ferrão da lei", adiantou o magistrado.

João Pessoa

Em João Pessoa, eleitores também esperam até duas horas para votar em algumas seções eleitorais por causa de defeitos nas urnas eletrônicas. Segundo o TRE -PB, os problemas foram identificados em urnas de 2008 que não foram substituídas. Não há balanço de quantas seções tiveram problemas.

O presidente do TRE-PB, Saulo Benevides, assegurou que as urnas foram substituídas. Há denúncias de que mesários estão orientando os eleitores a justificarem o voto por causa do problema. "Quem não votou deve retornar e exercer o seu direito. Convoco a população para retornar às suas seções eleitorais", disse o presidente do TRE, Saulo Benevides.

TAGS