PUBLICIDADE
Notícias

Temer inicia agenda paralela à de Dilma e exclui Skaf

09:00 | 11/09/2014
O vice-presidente Michel Temer (PMDB) iniciará nesta sexta-feira, 12, uma agenda paralela à da presidente Dilma Rousseff para buscar apoio à reeleição de ambos. Temer vai se concentrar no interior de São Paulo, onde prepara atos de campanha ao lado de prefeitos peemedebistas. O vice visitará 11 cidades paulistas nos próximos dias.

Até agora, para nenhum desses eventos Temer escalou o candidato do PMDB ao governo estadual, Paulo Skaf. A avaliação do vice é de que Skaf se distanciou de Dilma, na tentativa de se desvincular da imagem de candidato ligado ao PT. Com isso, o palanque de Dilma no Estado está enfraquecido diante do distanciamento do candidato do PT, Alexandre Padilha, dos líderes das pesquisas Skaf e Geraldo Alckmin (PSDB).

Amanhã Temer vai inaugurar comitê de campanha em Tietê, município a 121 quilômetros da capital. Ele participará de encontro com prefeitos e empresários, e fará caminhada no centro da cidade. À tarde, o vice será sabatinado pelo jornal O Estado de S. Paulo.

Nos dias seguintes, até 22 de setembro, Temer irá a Bauru, Cubatão, Campinas, Guarujá, Marília, Piracicaba, Praia Grande, Presidente Prudente, São Vicente, São Paulo e Sorocaba. O vice irá, ainda, ao Maranhão, Minas Gerais Rio de Janeiro.

A estratégia de ir para rua é parte da ofensiva da campanha de reeleição de Dilma para ultrapassar a candidata de oposição Marina Silva (PSB) nas intenções de voto do segundo turno antes da realização da primeira fase da eleição, no dia 5 de outubro.

TAGS