PUBLICIDADE
Notícias

Nível do Cantareira cai para 8% e atinge nova mínima

12:00 | 22/09/2014
O nível de água armazenado no Sistema Cantareira, principal fonte de abastecimento da região metropolitana de São Paulo, bateu novo recorde de baixa nesta segunda-feira, caindo para 8% da sua capacidade total - o que já inclui os 182,5 bilhões de litros do volume morto. Ontem, o patamar era de 8,1%, abaixo do nível de 8,2% registrado antes da adição do volume extra da reserva técnica. Segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), há um ano o sistema contava com 42,3% da sua capacidade.

A escassez continua agravando a situação das reservas. No acumulado de setembro, as chuvas sobre o Cantareira somam 40 milímetros, menos da metade da média histórica para o mês, que é de 91,9 mm. A situação do Sistema Alto Tietê também é crítica. Utilizado desde o início da crise hídrica para abastecer uma parcela dos consumidores do Cantareira, o volume de água armazenado no reservatório corresponde a 12,6% da sua capacidade. Na mesma data do ano passado, o nível do Alto Tietê era de 54,2%.

TAGS