PUBLICIDADE
Notícias

Marina diz que até IBGE sofre de falta de gerência

19:20 | 22/09/2014
A candidata à Presidência Marina Silva (PSB) argumentou nesta segunda-feira, 22, que o IBGE sofre por falta de gerência. Marina voltou a dizer que o conceito colocado na eleição de 2010 de que o presidente do Brasil precisaria de perfil gerencial estava errado, pois com a "gerente" Dilma Rousseff (PT), a Petrobras perdeu metade do seu valor de mercado e multiplicou por quatro o endividamento. "Até o IBGE, uma instituição respeitada, com técnicos comprometidos, passando por uma situação dessas, por falta de gerência", afirmou.

Na semana passada o instituto precisou fazer uma série de correções à Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), gerando constrangimentos dentro do governo federal.

Marina repetiu seu discurso de que Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram presidentes sem perfil de gerentes e que fizeram seus governos pautados em "visão estratégica". "Nossa visão é de Estado mobilizador", disse a candidata. Ao repetir que seu programa foi feito por meio de uma plataforma colaborativa digital, Marina falou da importância de ter uma democracia mais participativa. "Queremos e precisamos da participação da sociedade."

A candidata participa de um debate sobre internet na capital paulista disse que é preciso acabar com o acesso de "primeira classe para uns e segunda classe para outros". Afirmou também ser favorável à preservação do direito à privacidade nos meios digitais e ser contra a internet ser usada para calúnia e difamação. "A internet não é pra isso", disse depois de repetir que vem sendo vítima de ataques mentirosos de adversários políticos.

TAGS