PUBLICIDADE
Notícias

Leonardo Bayma defende escolha de Eliane Novais para disputar Governo

11:23 | 22/09/2014

O candidato a vice-governador na chapa de Eliane Novais (PSB), Leonardo Bayma (PSB) defendeu a escolha da deputada para disputar o Executivo em detrimento do nome da empresária Nicolle Barbosa (PSB). Bayma é entrevistado na manhã desta segunda-feira, 22, na rádio O POVO/CBN.

A definição da chapa, ocorrida no prazo final da Justiça Eleitoral, gerou desentendimento entre Nicolle e a direção estadual do partido. Bayma destacou que as definições no Ceará ficaram para última hora e citou como exemplo a estruturação da chapa governista. Eliane Novais foi anunciada no dia da convenção do partido, após Nicolle ter atuado por toda pré-campanha do PSB.
[SAIBAMAIS 2]
Segundo Bayma, o ex-presidente do partido Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em agosto, juntamente com a direção nacional, decidiu por escolhar um representante que tivesse mandato. “Ela (Nicolle) sabia que corria o risco”, afirmou Bayma destacando que Nicolle não se viabilizou o suficiente durante a pré-campanha e o fato de o partido não ter feito alianças também pesou contra ela.

“O PSB passou por um esvaziamento muito grande depois da saída dos Ferreira Gomes. Ainda estamos rearticulando o partido no Interior. São poucos quadros. Se optou por ter uma candidatura para governador em nome do projeto nacional. O único fato que fez com que o PSB tivesse candidatura própria foi ter palanque para o Eduardo Campos. Nicolle tinha oito meses de partido, não tinha a capilaridade necessária.”, pontou o vice.

Redação O POVO Online

TAGS