PUBLICIDADE
Notícias

Eliane Novais defende criminalização da homofobia e casamento gay

Para a candidata, Marina, se eleita, governará ouvindo todos os públicos

11:04 | 10/09/2014
A candidata Eliane Novais (PSB), questionada sobre possível influência do Pastor Silas Malafaia diante das decisões da presidenciável Marina Silva (PSB) em questões ligadas à comunidade LGBT, defendeu que é a favor da criminalização da homofobia e do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Ela disse não acreditar que o pastor tenha influência sobre Marina e que a presidenciável “ouvirá a todos”.

Eliane acrescentou ter defendido projetos na Assembleia Legislativa ligados à comunidade LGBT e contou com o apoio de representantes do grupo para orientá-la em seu mandato como deputada.

Para a candidata, Marina terá autonomia para fazer seu governo, se eleita, respeitando todas as diferenças.

Acompanhe as sabatinas:
TV O POVO: canal aberto (48); Multiplay (23); Net (24)

Rádio O POVO/CBN: 95,5 (FM); 1.010 (AM)

Na última terça-feira, 9, o candidato Eunício Oliveira (PMDB) foi sabatinado e prometeu passe livre para alunos e professoras. Na segunda-feira, 8, Camilo Santana (PT) defendeu escolas para reduzir a violência.

Redação O POVO Online

TAGS