PUBLICIDADE
Notícias

Confira as respostas de Eliane Novais na sabatina com jornalista do O POVO

A postulante ao Governo do Estado pelo PSB foi entrevistada por um grupo de jornalistas do O POVO

08:20 | 10/09/2014
NULL
NULL

A candidata ao Governo do Ceará do PSB, Eliane Novais, foi a terceira participante, nesta quarta feira, 10, de uma série de entrevistas com candidatos no Ceará. Eliane foi questionada, dentre outros temas, sobre o desentendimento com a empresária Nicolle Barbosa, preterida para o Governo do Estado. A candidata falou ainda sobre apoio à comunidade LGBT diante de posicionamentos da presidenciável Marina Silva. Sobre situação das universidades estaduais, Eliane disse que há dinheiro para contratar professores, mas falta vontade política.

Eliane foi sabatinada pelos jornalistas Émerson Maranhão, repórter especial e editor de Tendências, Erivaldo Carvalho e Italo Coriolano, editores adjuntos do núcleo de Conjuntura. A mediação é feita por Ruy Lima, apresentador da TV e Rádio O POVO/CBN.

Assista à entrevista completa:

[VIDEO1] 

11h50min

Fim do debate e despedida da candidata:

"O povo quer um novo Ceará, não quero governar pelo poder, mas para servir ao Ceará. O povo vai se orgulhar de ter a primeira governadora do Ceará", completa Eliane.

11h40min

Sobre passe livre e obras:
"Eliane: "Precisamos optar pelo sanemaneto básico.. O item das drogas e saneamento foi mal avaliado, é o Ceará do atraso. Vou dar 100% de água e esgoto pro Ceará. Vamos inverter as prioridades. O governo aí quer fazer grandes obras, não tem alma, tem corpo, mas não tem alma. É fácil construir, difícil é colocar pra funcionar e valorizar os servidores."
Existe um grupo de trabalho para decidir quais as obras continuam. A questão do passe livre, ensino básico é prioridade. O governo Marina vai dar o passe livre para todos os estudantes".

11h38min

Eliane diz que há dinheiro para contratar professores para universidades e critica Cid
Ruy: Há dinheiro para contratar professores, como a sra. resolveria isso?
Eliane: "Ele não cumpriu, não fez concursos públicos. Não dá mais tempo de honrar o compromisso com as três universidades. Tenho certeza que vou honrar isso".
Erivaldo: "Quem está pagando a sua candidatura?"
Eliane: "Partido que fez o convite, e portanto é meu financiador, o PSB nacional encaminha os recursos para nossa campanha e demais candidatos. É o único doador. o partido jamais ia comprometer seus candidatos. Eu confio no meu partido, nosso recursos são baixíssimos, é só para a militância mínima, mostrar que é uma candidatura diferente. Coisa que o outro governador não soube aproveitar, capacitamos nossa militância. Eu confio no PSB, nunca entrou em discussões maiores e sei que o dinheiro está vindo de boas mãos".
Ruy:"A sra. desancou Camilo e Eunício, a sra. vota em branco no 2° turno u vai fazer acordo com alguma deles?"
Eliane: "Eu chegarei ao 2° turno, não vou me aliar a eles. Estou confiante na alavancada. Aí convido vocês para a vinda de Marina e ouvir o que ela tem a dizer para o povo do Ceará".
11h30min
Ruy: "Qual o melhor administrador que o Ceará já teve e que serviria de exemplo?"
Eliane: "O governo Lúcio Alcântra não teve grande repercussão, mas ele tem uma marca dferente, ele dialogou com os servidores públicos estaduais. É uma maneira diferente de governar, foi uma abertura, as associações de classe foram ecebidas. Ele tinha uma carcaterística mais humana, dele eu tiro essa atitude diferente e humana.
Italo: "Dei uma lida no seu programa, achei bastante raso, mas tentei entender. O que a sra. pretende fazer de diferente para a área de segurança?"
Eliane: "Quero perguntar aos que deram 20% ao Camilo, estão satisfeitos com a segurança pública daqui. [...] O que o governador fez foi trazer o secretario Sevilho, mas uma coisa é razer o secretario, outra é adotar as ações, em uma concepção que vamos trabalhar com a secretaria de educação, plnajamento, integradas em um comite capaz. Toda segunda vamos ter reunião e incluir a inteligência policial. O secretario tirou uma ação e não aplicou o Pacto pela Vida, é muito diferente disso. Ele não adotou a política comunitária, vamos radequar essa polícia repressora. Quero valorizar os policiais e dialogar, coisa que esse governador não teve coragem. O secretario de saúde, o exemplo, está é pedindo voto".

11h24min

Eliane: "Eu conheço a máquina pública, minha oposição é porque temos divergências, como cidadã eu escuto o que as pessoas falam dessa gestão, que governa com autoritarismo. As pessoas são tratadas de forma desigual, falo em nome de representações que usam a minha voz. [...] Há pessoas sem receber o trivial, as cestas básicas; é uma questão de vontade política, de servir ao povo do Ceará .Esse governo teve tanta corrupção, dos consignados, dos banheiros, compra de helicópteros sem licitação, construção de obras... Isso não é da vontade do povo, o governador nem vai perfurar poços.. Eu sei que há condição e ele não tomou isso como prioridade. Baixa execução orçamentária na política da seca. Vamos criar uma política pública".

11h20min

Eliane critica redução da maioridade e defende readequação de centros educacionais

Italo: "A sra. acha positivo que os próprios bancos definam as taxas de juros?"
Eliane: "Isso está em discussão.. Não vai haver se não for debatido.."
Sobre cindições de centro educativos:
Eliane: "Somos contrários à redução da maioridade penal, eu sou contra que eles fiquem juntos com outros criminosos. Mas lá deve haver uma readequação dos centro educativos. Nossa juventude comete pequenos atos, e precisam de oportunidade para sair dessa situação. Não há uma política voltada para eles, há baixa execução do governo para uma política contra as drogas. Muitos desses jovens estão sem a menor condição de serem reinseridos. Eu quero criar centro de arte e cultura e readequar os centros educacionais, dar oportunidade para os jovens".

11h15min

Eliane diz que nome de Campos em escândalo da Petrobras pode ser "manipulação petista"

Émerson: "A sra. falou que o PT apodreceu com o escândalo da Petrobras, mas isso não atinge também Eduardo Campos?
Eliane: "Eu tenho certeza que o nome dele não será apontado como envolvido nisso..."
Émerson: "Mas o nome dele já foi apontado".
Eliane: "Se isso ocorrer, ele estava compometido com a transparência. É sórdido acusar alguém depois de morto, isso pode ser manipulação petista também".

11h08min

Erivaldo: "A sra. diz que não quer confronto com ninguém, mas governar não é isso, é ir para o embate. Essa diluição de temas não é apenas para tentar ganhar o eleitorado?"
Eliane: "Quando criamos um novo caminho não podemos criari divergências... O diálogo no Ceará está interrompido há tempos, o governador afastou os sindicatos e servidores. Essa não é a melhor forma de governar. estamos vivendo m momento difícil no Brasil. É a polarização dessas candidaturas, o PT com uma condição praticamente inaceitável, tá podre. Esse escândalo vai fechar aí o que está posto nas pesquisas. Queremos sustentar as conquistas sociais, vamos fazer isso aqui no Ceará. Não queremos Aécio que é liberal, as pessoas se sentem representadas por Marina..."

11 horas

Eliane Novais defende criminalização da homofobia e casamento gay

Ruy: "A sra. mencionou comissões LGBT, então como a sra. vê a participação do pastor Sila Malafaia orientando a campanha de Marina?"
Eliane: "Na verdade, qual é a discussão... A Marina não teria que afirmar isso, pois depende da aprovação do Congresso Nacional, como ela vai honrar isso s enão depende só dela. Nós defendemos direitos iguais para todos. Não acho que ela vai carregar isso ao final da campanha; isso não quer dizer que Marina seja homofóbica"
Émerson: "Ela já se declarou contra o casamento gay. Qual a sua postura?"
Eliane: "Eu sou à favor da criminalização da homofobia, quero direitos iguais. Essas pessoas tem direitos iguais ao outros. A própria igreja diz para apoiar todos. A comunidade LGBT foi muito bem acolhida no meu mandato". [...]

Émerson: "Mas a sra. não acredita que um empenho pessoal da presidente seria decisivo? Você acha que ela teria esse empenho?"
Eliane: "Como presidente ela tem que dialogar com todos os setores. Ela vai conversar com o setor da agronomia e vai conversar com a comunidade LGBT".
Ruy: "Passando por cima do pastor Malafia?
Eliane: "Eu acredito que ela terá autoridade. Queremos um Brasil novo..."

10h50min

Eliane defende diferença entre gestão dos Novais e dos Ferreira Gomes no PSB

Émerson: "A sra. se contrapõe aos Ferreira Gomes, mas há quem a classifique como soldado do seu irmão.."
Eliane: "Eles começaram a governar de uma forma totalmente diferenciada das bandeiras do partido. Quiseram me aliciar me dando a vice-liderança, não aceitei. Jamais poderia aceitar a proposta desse governador. Sérgio Novaes tem quase 30 anos de vida partidária, diferente desses oligarcas que macularam o partido". [...]

Italo: "O que diferencia a postura dos Ferreira Gomes da dos Novaes?"
Eliane: "É totalmente diferente. A nossa grande diferençaé que vivenciamos a vida orgânica do partido. Ele negou mais de 100 comissões provisórias e as deixou desativadas no partido. Estamos em pleno processo político e sem conseguir ainda reerguê-lo. Respeite o partido e Sérgio Novaes".

10h35min

"Nicolle Barbosa não teve maturidade partidária", diz Eliane Novais

Ruy inicia o debate questionando a escolha do partido por Eliane, enquanto  Nicolle Barbosa se apresentava como candidata:"A sra. deu um golpe de estado com seu irmão?"

Eliane: "Tivemos sete encontros, e ela recebeu todo o aparato do PSB. Nós fizemos mais de 150 entrevistas, tudo que foi possível para viabilizar sua incursão partidária foi feita. Ela sabia que era uma viabilidade em curso, mas Eduardo Campos resolveu que Nicolle não tinha a densidade eleitoral.Decidimos colocar o melhor nome. Hoje ela está no colo dos irmão Fereira Gomes, mostra que não teve maturidade política"

Erivaldo: "Se a Nicolle não decolou a sra. deveria ter levantado voo, então essa explicação não faz sentido".
Eliane: "Eduardo não está aqui para se defender, mas Nicolle sabia que a viabilidade dela era colocada a todo momento em pauta".

Acompanhe as sabatinas:

TV O POVO: canal aberto (48); Multiplay (23); Net (24)


Rádio O POVO/CBN: 95,5 (FM); 1.010 (AM)

Na última terça-feira, 9, o candidato Eunício Oliveira (PMDB) foi sabatinado e prometeu passe livre para alunos e professoras. Na segunda-feira, 8, Camilo Santana (PT) defendeu escolas para reduzir a violência.

Redação O POVO Online

TAGS