PUBLICIDADE
Notícias

Aécio se diz 'estarrecido' com discurso de Dilma na ONU

15:50 | 25/09/2014
O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, se disse "estarrecido" com o discurso da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, nessa terça-feira, na ONU. "A presidente utilizou o espaço para fazer política eleitoral. "A declaração foi dada durante coletiva na sede da RBS, filiada da Rede Globo, no Rio Grande do Sul, na manhã desta quinta-feira, 25.

Aécio participou de uma entrevista a jornalistas da empresa, que foi transmitida ao vivo por rádio e que será veiculada pela televisão posteriormente. Ao fim da gravação, foi questionado por outros jornalistas, a quem declarou: "É triste o que disse sobre propor diálogo com o um grupo que está decapitando pessoas. Essa não é a política externa do Brasil". Aécio se referiu à resposta que a presidente deu a jornalistas, na ONU, sobre qual posição do seu governo em relação aos ataques iniciados pelos EUA na Síria.

"Eu lamento enormemente isso. O Brasil sempre vai acreditar que a melhor forma é o diálogo, é o acordo e a intermediação da ONU. Eu não acho que nós podemos deixar de considerar a questão de que nos últimos tempos, todos os grandes conflitos que se armaram tiveram uma consequência: perda de vidas humanas dos dois lados", declarou a presidente. O discurso de Dilma na abertura da assembleia-geral, em Nova York, está sendo criticado e avaliado como "eleitoreiro", pelo fato de, nele, a presidente destacar alguma conquistas internas, como o combate à corrupção e a distribuição de renda.

TAGS