PUBLICIDADE
Notícias

IPT vai definir situação de imóveis no local do acidente

12:50 | 14/08/2014
O prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, disse nesta quinta-feira, 14, que um laudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) a ser divulgado nas próximas horas vai indicar se os moradores poderão ou não voltar para as suas casas no local onde ontem caiu o avião que transportava o então candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, e mais seis pessoas. Segundo Barbosa, a prefeitura quer ter certeza de que não há riscos para os moradores retornarem às residências atingidas por destroços do avião. Cerca de 50 pessoas tiveram que deixar suas casas.

O prefeito disse que o foco da gestão municipal é atender e orientar os moradores das ruas onde caiu o jato modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, no bairro Boqueirão, região central da cidade. "A prioridade total é o atendimento às famílias", disse. "Peço paciência aos moradores porque queremos ter a convicção de que não há riscos para as famílias voltarem às suas casas", completou.

Barbosa disse, ainda, que o bebê internado na Santa Casa já recebeu alta hospitalar. Ele foi o último dos dez feridos em solo no acidente atendidos a ser liberado. O prefeito informou ainda que conversou com a família da criança.

TAGS