PUBLICIDADE
Notícias

Campanha custará R$ 140,8 milhões no Ceará; Eunício e Camilo têm 93% das previsões

Em 2012, gastos para a campanha pela Prefeitura de Fortaleza foram até cerca de R$ 60 milhões

12:37 | 07/07/2014
A campanha pelo governo do Ceará poderá somar gastos de até R$ 140,8 milhões em 2014. As informações foram divulgadas neste domingo pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base em dados dos próprios candidatos. Eunício (PMDB) lidera a previsão de gastos, com R$ 67 milhões, seguido por Camilo Santana (PT), que terá até R$ 64 milhões para gastar.

[SAIBAMAIS 4]Juntos, o peemedebista e o petista sozinhos já somam 93% dos gastos totais da campanha. Atrás deles, quem gastará mais no pleito será Eliane Novais (PSB), com teto de R$ 9,5 milhões. O candidato do Psol, Ailton Lopes, terá limite de R$ 300 mil.

Em 2012, gastos para a campanha pela Prefeitura de Fortaleza foram até cerca de R$ 60 milhões. Na época, lideraram as previsões os candidatos Marcos Cals (então PSDB, hoje Solidariedade) com R$ 17 milhões, Roberto Cláudio (então PSB, hoje Pros) com R$ 14 milhões e Elmano de Freitas (PT) com R$ 11,5 milhões.

Patrimônio

No mesmo informativo, o TSE divulgou ainda os patrimônios declarados dos candidatos a governador no Ceará. Eunício lidera novamente a lista, com R$ 99 milhões. Seguem ele Eliane Novais (R$ 1 milhão), Camilo Santana (R$ 534 mil) e Ailton Lopes (R$ 88mil).

Redação O POVO Online

TAGS