PUBLICIDADE
Notícias

Redução da violência não tem "fórmula mágica", critica pré-candidato do Psol ao Governo

Criticando quem promete soluções fáceis para a violência, Ailton Lopes destacou necessidade de se repensar a Polícia e intensificar investimentos em saúde

13:51 | 13/06/2014
NULL
NULL
Pré-candidato do Psol ao Governo, o sindicalista Ailton Lopes negou nesta sexta-feira, 13, a existência de uma “fórmula mágica” para solucionar a questão da Segurança Pública no Ceará. Em entrevista à Rádio O POVO/CBN, ele criticou candidaturas que se apresentam como donas de uma “solução mágica da violência” – incluindo o governador Cid Gomes (Pros) – e cobrou debate mais amplo e em longo prazo sobre o tema.

“Em cada eleição, temos candidatos que se apresentam com donos de uma fórmula mágica para resolver a violência. O próprio governador se elegeu com o Ronda do Quarteirão. Ele mesmo fala que dobrou o efetivo da Polícia, e a violência só aumentou”, disse.

Segundo Ailton, projeto do Psol no Ceará pensa que o problema da violência precisa de debate mais amplo, passando por repensar a ação das Polícias e investimentos em saúde, educação e moradia. “Quanto mais justa é uma sociedade, mais segura ela é. Não adianta aumentar o número de presídios, de policiais, quando você dá uma vida sofrível para todo mundo”, disse.

Debates do Povo

Na entrevista desta sexta, o sindicalista e bancário destacou ainda que o Psol do Ceará não aceita alianças com partidos de direita, nem tolera concessões programáticas para atender a grupos políticos. Segundo ele, o Psol, caso eleito, priorizaria governar com o povo.

“Todo poder emana do povo. Essa máxima é sempre lembrada por todos os partidos na hora da eleição, mas na hora de governar todo mundo esquece o povo. Não se pratica plebiscito, consulta pública, não se presta contas”, disse. Ailton Lopes ainda lembra que o partido só aceitaria alianças com o PCB e PSTU no Estado.

Ailton Lopes foi o primeiro convidado de uma série da Rádio O POVO/CBN com pré-candidatos ao governo do Ceará neste ano. A ação integra o programa Debates do Povo, que vai ao ar às 11h, de segunda-feira à sexta-feira. Na próxima segunda, será entrevistada a pré-candidata pelo PSB, Nicole Barbosa.

Redação O POVO Online

TAGS