PUBLICIDADE
Notícias

Luizianne responsabiliza PT Ceará por aproximação entre Eunício e Aécio

Segundo Luizianne, o partido deveria ter se distanciado tanto de Eunício quanto Cid, lançando candidatura própria ao governo

14:53 | 27/06/2014
NULL
NULL

Apesar de não ter comparecido a reunião do PT na manhã desta sexta-feira, 27, a ex-prefeita Luizianne Lins enviou nota em que condena preferência do partido em apoiar candidato de Cid Gomes (Pros). No documento, a petista responsabiliza ainda o PT Ceará pela aproximação entre Eunício Oliveira (PMDB) e Aécio Neves (PSDB), em detrimento do palanque de Dilma Rousseff (PT) no Estado.

“A política de privilegiar a relação com a família Ferreira Gomes, ignorando outros aliados, pode prejudicar fortemente a campanha da presidenta Dilma no Ceará, num momento de forte ataque das elites brasileiras e internacionais, e dos partidos de opinião. A maioria de mais de 2 milhões e 300 mil votos que demos a Dilma em 2010 no Ceará ficará ameaçada”, diz.

[SAIBAMAIS 2]Segundo Luizianne, o partido deveria ter se distanciado tanto de Eunício quanto Cid, lançando candidatura própria ao governo. Pela análise da ex-prefeita, esta opção evitaria a saída do peemedebista do arco de aliança de Dilma no Ceará.

"Povo espera ousadia"

“Nosso partido tem história. Nosso povo espera de nós ousadia, despojamento. Que estejamos à altura da complexidade dos desafios que nos esperam no próximo período (...) entendemos que a melhor contribuição que o PT do Ceará pode dar nesse processo é apresentar uma candidatura própria ao governo”, diz a ex-prefeita.

Conforme O POVO desta quinta-feira, 26, informou, Eunício Oliveira avança negociações com Aécio Neves para possível palanque tucano no Ceará. Distanciamento do senador da base de Dilma ocorre diante da aliança entre PT e Pros no cenário local. Apesar dessa questão, o presidente do partido no Ceará diz que a legenda não descarta apoiar Eunício.

Redação O POVO Online
com informações da repórter Jéssica Welma

TAGS