PUBLICIDADE
Notícias

"Tenho situações para administrar", diz Cid em reunião com Dilma

Os irmãos teriam reforçado tamanho do Pros no Ceará, bem como existência de pré-candidatos da legenda interessados no governo

11:54 | 30/04/2014
Em reunião com Dilma Rousseff (PT) em Brasília, Cid e Ciro Gomes (Pros) minimizaram possibilidade de apoiarem Eunício Oliveira (PMDB) nas eleições deste ano. Em encontro na tarde desta segunda-feira, 28, os irmãos teriam reforçado tamanho do Pros no Ceará – maior que o PMDB de Eunício –, bem como existência de pré-candidatos da legenda interessados no governo. A informação é da coluna Panorama Político, do jornal O Globo.

“Não descarto apoiá-lo (Eunício). Mas tenho situações para administrar. O PROS é maior que o PMDB e tem gente no meu partido que quer ser candidato”, teria dito Cid, segundo o jornal carioca, após Dilma reforçar pedido de apoio de Eunício.

[SAIBAMAIS 2]Os irmãos Ferreira Gomes teriam reforçado ainda interesse em escolher candidato apenas em junho. Segundo eles, a estratégia é esperar definições da oposição. Cid teria ainda tranquilizado a presidente com relação ao Ceará: “lá, a senhora tem seis vezes mais votos que os dois candidatos da oposição”, disse.

Sem nenhum relato oficial sobre o encontro, almoço entre Dilma, Cid e Ciro ainda é sujeito a muita especulação. Em entrevista ao O POVO, o deputado Antônio Balhman (Pros) disse apenas que reunião foi “sigilosa”. O deputado José Guimarães (PT), por sua vez, rejeitou rumores que circulam de que Dilma teria pressionado Cid a apoiar o senador peemedebista. “É fofoca”, disse.

Redação O POVO Online

TAGS