PUBLICIDADE
Notícias

Ciro Gomes faz críticas ao governo de Dilma Rousseff

Ciro, juntamente com o irmão Cid Gomes e correligionários de partido trocaram o PSB pelo Pros, em 2013, para manter apoio a Dilma Rousseff

11:45 | 09/04/2014
NULL
NULL
O secretário de Saúde do Ceará, Ciro Gomes (Pros) – irmão do governador do Estado, Cid Gomes (Pros) – fez críticas à gestão da presidente Dilma Rousseff (PT) apesar do apoio que o clã Ferreira Gomes dispende a ela. Ressaltando a proximidade com a presidente desde que ambos foram ministros no governo Lula (PT), Ciro elogiou as boas intenções de Dilma, mas disse que ela tem pagado o preço por ter pessoas “ruins” em sua equipe.

"Vou ajudar muito a Dilma, apesar de não ser o maior entusiasta do governo que infelizmente ela está fazendo. Ele é séria, é bem intencionada, respeita o povo brasileiro, mas pelo menos a maioria dessa frente de políticos que infelizmente dominou o Congresso é uma coisa muito ruim. Ela tem pago esse preço de ter na própria base dela esse grupo de pessoas que não vale o que o gato enterra, como a negada fala lá em Sobral. Mas ela precisa ser ajudada a bem do Brasil e eu vou ajudá-la onde ela precisar de mim", disse Ciro a jornalistas durante jantar em homenagem ao ministro Aldo Rebelo, em Fortaleza, na noite da segunda-feira, 7.
[SAIBAMAIS 2]
De acordo com a coluna do jornalista Felipe Patury, no site da Época, Ciro parabenizou a decisão do irmão em não renunciar ao Governo do Estado para que ele e Ciro ficassem disponíveis para disputar pleito nas eleições. Ele destacou novamente o objetivo de não deixar o Ceará “cair nas mãos de aventureiros”, mas não fez indicações.

Redação O POVO Online

TAGS