PUBLICIDADE
Notícias

Câmara de Juazeiro é alvo de nova operação de busca e apreensão

O promotor José Siderlândio evitou falar sobre o caso, que corre em segredo de Justiça. Ele afirma apenas que informações serão prestadas em breve

14:48 | 01/04/2014

O Ministério Público (MP-CE) e Polícia Civil do Ceará cumpriram na tarde desta segunda-feira, 31, uma série de mandados de busca e apreensão na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, na região do Cariri. Na operação, promotores e policiais recolheram documentos nos departamentos de contabilidade e recursos humanos da Casa.

Um dos agentes públicos que acompanharam a ação, o promotor José Siderlândio evitou falar detalhes sobre o caso, que corre em segredo de Justiça. Ele afirma apenas que informações oficiais serão prestadas em breve pelo MP-CE. A reportagem tentou entrar em contato com a Câmara Municipal de Juazeiro, mas não obteve resposta em três ramais diferentes da Casa.

[SAIBAMAIS 2]Ainda não se sabe ao certo se ação envolve o chamado "escândalo das vassouras", ou se faz parte de nova denúncia envolvendo vereadores do Município. A sede do Legislativo de Juazeiro vem sendo epicentro de escândalos nos últimos meses.

Em agosto do ano passado, o ex-presidente da Câmara, Antônio de Lunga (PSC), acabou afastado do cargo após estourar esquema de compra superfaturada de produtos de limpeza em R$ 63 mil, conhecido como “escândalo das vassouras”. Já no mês passado, outro ex-presidente da Casa, Zé de Amélia, também foi acusado de cometer o mesmo crime.

Redação O POVO Online

TAGS