PUBLICIDADE
Notícias

MP e Polícia prendem 15 em operação na Região Metropolitana

Segundo promotores do caso, crimes envolvem gestores e cinco construtoras que operavam com a administração pública de Maracanaú

10:37 | 18/03/2014

Órgãos de fiscalização do Estado realizam nesta terça-feira, 18, operação que tem como alvo crimes contra a administração pública de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza. Ao todo, serão cumpridos 15 mandados de prisão temporária. Mais detalhes sobre o caso devem ser revelados em entrevista coletiva, marcada para as 14h30min desta terça, na Procuradoria Geral de Justiça do Ceará.

Além das prisões, são cumpridos ainda 26 mandados de busca e apreensão. Juiz responsável antecipou ao O POVO que crimes envolvem fraudes em licitações e desvio de verbas. Os procedimentos abrangem os Municípios de Maracanaú, Fortaleza, Maranguape e Aquiraz.

[SAIBAMAIS 1]A operação teve origem em dois Procedimentos de Investigação Criminal instaurados para apurar crimes de fraude em licitação, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha na administração pública de Maracanaú.

 Segundo promotores do caso, os ilícitos envolvem cinco construtoras que operavam no Município.

 A ação ocorre em trabalho conjunto do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e das Promotorias de Justiça Criminais e de Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Maracanaú. Participaram ainda as Polícias Civil e Militar do Ceará.

Redação O POVO Online
com informações do MP-CE

TAGS