PUBLICIDADE
Notícias

PT do Ceará lança manifesto contra candidatura própria ao Governo do Estado

13:28 | 20/02/2014
Membros do Diretório Estadual do PT apresentam nesta sexta-feira, 21, um manifesto no qual várias lideranças apóiam a tese de que o partido não tenha candidato próprio ao Governo do Estado. É uma resposta ao grupo da ex-prefeita Luizianne Lins (PT), que, na semana passada, apresentou um manifesto que pregava o contrário e colocou Luizianne como pré-candidata.
 
O documento é intitulado "Manifesto de Apoio à Candidatura a Governador de outro Partido do Arco de Aliança no Estado do Ceará". 

Além de abrir mão da candidatura ao Palácio da Abolição, o manifesto reforça a indicação de candidatura do PT ao Senado – sendo que o provável candidato é o atual deputado federal José Guimarães, principal liderança entre os que assinam o texto.

Subscrevem o documento: os deputados federais José Guimarães, vice-presidente nacional do PT, José Airton Cirilo, Ilário Marques e Artur Bruno; os deputados estaduais Dedé Teixeira, Camilo Santana, Rachel Marques e Professor Pinheiro; e o vereador Acrísio Sena. Além destes, a presidente do CUT Ceará, Joana Almeida, e da Fetraece, Moisés Brás.

Confira um trecho do manifesto:
"A continuidade da aliança que inauguramos em 2006 no Ceará, com PT, PMDB, o grupo político coordenado pelo governador Cid Gomes (PROS), bem como os demais partidos da base aliada, é um dos objetivos centrais da tática eleitoral do PT no estado, em total sintonia com a tática nacional. O PT manterá o seu protagonismo político, participando da Chapa Majoritária, preferencialmente com candidato ao Senado, bem como, ampliando suas bancadas na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa."

Redação O POVO Online

TAGS