PUBLICIDADE
Notícias

Prefeito Roberto Cláudio evita comentar polêmica sobre IPTU de Fortaleza

O diretório nacional do PR protocolou, no STF, ação direta de inconstitucionalidade pedindo a suspensão do reajuste

10:46 | 10/02/2014
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), evitou comentar a polêmica em torno do aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Na manhã desta segunda-feira, 10, Roberto Cláudio, ao lado do secretário municipal da Educação, Ivo Gomes, deu inicio às atividades das seis escolas de tempo integral implantadas na gestão.

O chefe do Executivo, em visita à Escola de Tempo Integral Filgueiras Lima, no bairro Jardim América, reconheceu que há ameaças de questionamentos judiciais, mas preferiria aguardar o desenrolar dos fatos.
[SAIBAMAIS 2]
Sobre o aumento atingindo 30 mil imóveis com reajuste acima de 35%, RC explicou que o imóvel foi reavaliado. “Era um terreno que construiu uma casa, uma casa que tinha um andar e virou duplex”, explicou o prefeito, ressaltando que houve, até agora, apenas um caso em que foi verificado erro de cálculo.

IPTU
Após uma semana de discussão sobre o IPTU, tanto na Câmara Municipal como na Assembleia Legislativa, o secretário de Finanças, Jurandir Gurgel, é aguardado para prestar esclarecimentos na Câmara, na quarta-feira, 13.

Após acionar a Justiça estadual, juntamente com o diretório municipal do PT, o diretório nacional do Partido da República (PR) protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) ação direta de inconstitucionalidade pedindo a suspensão do reajuste.

Redação O POVO Online
com informações do Blog do Eliomar

TAGS