PUBLICIDADE
Notícias

Ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffman endurece discurso contra Eduardo Campos

20:39 | 05/02/2014
NULL
NULL

Após deixar o ministério da Casa Civil para pleitear o cargo de governadora do Estado do Paraná, a senadora Gleisi Hoffman (PT) endureceu as críticas contra o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) nesta quarta-feira, 5. Em discurso no plenário, a petista classificou o presidenciável como "oportunista", "hipócrita" e "ingrato", logo após o governador ter chamado o governo Dilma de "mofado".

 "Foram manifestações oportunistas. O governador está criticando uma política pública da qual se beneficiou nesses oito anos. Grande parte do sucesso de Pernambuco se deve ao apoio que a União deu", enfatizou a ex-ministra.

 Em seguida, o pré-candidato à presidência rebateu as palavras da senadora. "A gente faz uma crítica política, para discutir a macroeconomia e a pessoa vem com ataque pessoal, com desaforo".

 Os ataques fazem parte do período pré-eleitoral que devem movimentar os bastidores da política nos próximos meses quando ocorrerão as articulações para formalizar alianças nas esferas nacional e estadual.

 O PSB entregou os cargos que tinha no governo federal para lançar a candidatura do atual presidente do partido Eduardo Campos. O mesmo movimento de entrega de cargos se deu em Pernambuco por parte do PT. Na ocasião, houve uma aproximação do partido de Campos com o PSDB, ex-opositor do governo.

 

[SAIBAMAIS 2]

 

Redação O POVO Online

TAGS