Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Incidente provoca 'interrupção momentânea' no fornecimento de gás da Argélia para Espanha

14:01 | Jul. 24, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O grupo energético argelino Sonatrach anunciou neste domingo (24) que o fornecimento de gás da Argélia para a Espanha através do gasoduto Medgaz sofreu uma "interrupção momentânea" devido a uma falha registada do lado espanhol.

"Ocorreu um incidente do lado espanhol, no final da manhã deste domingo, no gasoduto Medgaz, que liga a Argélia à Espanha, provocando uma interrupção momentânea do fornecimento de gás" ao território espanhol, disse a Sonatrach em comunicado.

"As equipes técnicas espanholas trabalham no local para realizar os consertos necessários e restabelecer o fornecimento de gás à Espanha o mais rapidamente possível", continua a nota.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A Enagás, gestora do sistema de gás espanhol, assegurou em comunicado de imprensa que "em nenhum momento foi interrompido o fluxo de gás que chega à Espanha da Argélia através do Medgaz hoje (domingo)".

"No Sistema de Gás espanhol não houve qualquer efeito na segurança do abastecimento, não houve nenhuma razão técnica que tenha produzido esta situação, nem foi necessária qualquer ação para resolvê-la", continuou a empresa.

"Este meio-dia, de acordo com informações recebidas do Medgaz, durante os trabalhos de manutenção de rotina na Estação de Compressão Beni Saaf, houve uma interrupção temporária - com duração de duas horas - dos fluxos que partem da usina na Argélia para a Conexão Internacional de Almería", sublinhou Enagás.

"Isso causou uma diminuição - e não uma interrupção - nos fluxos que entram na Espanha pela referida Conexão Internacional. O problema foi resolvido e os fluxos estão se recuperando normalmente. O fluxo mínimo foi de 704.000 Nm/h", concluiu.

As importações de gás argelino pela Espanha caíram acentuadamente nos últimos meses, devido à escalada das tensões entre Argel e Madri. Anteriormente, a Espanha importava a maior parte do seu gás da Argélia, principalmente através da Medgaz, que liga a Península Ibérica aos depósitos de gás operados pela Sonatrach.

Segundo o operador da rede espanhola de gás, 24,4% do gás importado pela Espanha veio da Rússia em junho, contra 29,6% dos Estados Unidos. A Argélia, que foi durante muito tempo o principal fornecedor do país, respondeu por apenas 21,6% de suas importações.

abh/fka/hj/rsc/eg/aa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar