Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Chefe da ONU pede ação para amenizar 'crise alimentar'

11:05 | Jun. 01, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu nesta quarta-feira (1º) uma ação rápida e decisiva para garantir um "fluxo constante de alimentos", devido às consequências da guerra na Ucrânia nos mercados mundiais.

Em uma intervenção em Estocolmo, Guterres declarou que "a guerra deve terminar agora", condenando a invasão russa da Ucrânia como "uma violação de sua integridade territorial e da Carta da ONU".

"Está causando imenso sofrimento, destruição e devastação do país, mas também inflama uma crise global tridimensional em matéria de alimentos, energia e finanças que atingindo as pessoas, os países e as economias mais vulneráveis", disse o diplomata português, em uma coletiva de imprensa.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Guterres ressaltou a necessidade de se adotar "uma ação rápida e decisiva para garantir um fluxo constante de alimentos e de energia", incluindo "a suspensão das restrições à exportação, a alocação de excedentes e reservas para populações vulneráveis e que se aborde o aumento dos preços dos alimentos".

Rússia e Ucrânia produzem cerca de 30% da oferta mundial de trigo.

jll/pvh/pc/mb/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar