Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Israel: parlamentar árabe-israelense volta à coalizão governista após rompimento

A parlamentar árabe israelense Ghaida Rinawie Zoabi, que deixou a coalizão governista, disse neste domingo, 22, que estava retornando à aliança de 60 membros do primeiro-ministro de Israel, Naftali Bennett. O movimento encerra uma crise que durou apenas alguns dias.

Ghaida disse, na última quinta-feira, 19, que estava deixando a coalizão de Bennett, que ficaria com apenas 59 membros no parlamento de 120 assentos de Israel. Como justificativa, a parlamentar citou as duras políticas do governo em Jerusalém e a construção de assentamentos na Cisjordânia que, segundo ela, afastaram seus eleitores, cidadãos palestinos de Israel.

Mas, neste domingo, Ghaida inverteu o curso ao dizer que sua principal preocupação era garantir "conquistas para as necessidades da sociedade árabe" em Israel, além de impedir que um extremista ultranacionalista da oposição se tornasse o próximo ministro encarregado das forças de segurança.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ela fez o anúncio de seu retorno após se encontrar com o chanceler Yair Lapid. No Twitter, Lapid escreveu que os dois tiveram "uma conversa aberta e razoável sobre as reais necessidades da sociedade árabe" e deixaram de lado suas divergências.

Dois outros legisladores do próprio partido de Bennett já romperam as fileiras e se juntaram à oposição, liderada pelo ex-premiê Benjamin Netanyahu. Fonte: Associated Press.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar