Participamos do

Em novo acordo, Reino Unido promete defender Suécia de eventual ataque militar

O Reino Unido prometeu defender a Suécia se o país for atacado, com os primeiros-ministros britânico, Boris Johnson, e Magdalena Andersson (Suécia) assinando um acordo de garantia de segurança na região de Estocolmo nesta quarta-feira, dia 11.

A Suécia e a vizinha Finlândia estão ponderando se devem se juntar à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) após a invasão da Ucrânia pela Rússia em 24 de fevereiro. A expectativa é de que Johnson faça hoje um compromisso de defesa semelhante com a Finlândia, onde se reunirá com o presidente Sauli Niinisto.

O acordo britânico-sueco "fortalecerá as defesas do norte da Europa, diante de ameaças renovadas", disse Johnson, acrescentando que "seja em caso de desastre ou ataque militar (...) nós viríamos em ajuda da outra parte".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Andersson disse que o presidente russo, Vladimir Putin, "pensou que poderia causar divisão, mas conseguiu o oposto. Estamos aqui hoje mais unidos do que nunca".

O Kremlin alertou para "repercussões militares e políticas" se a Suécia e a Finlândia decidirem aderir à Otan. Fonte: Associated Press.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar