Participamos do

Presidente de Belarus acusa Ocidente de "obsessão" com ideias nazistas

09:36 | Mai. 09, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, acusou nesta segunda-feira o Ocidente de estar "obcecado" com as ideias nazistas e estar "em guerra contra a Rússia" na Ucrânia, onde Moscou trava uma ofensiva há dois meses e meio.

"Os seguidores dos nazistas estão obcecados com a ideia da vingança, mas não estão dispostos a lutar abertamente contra os herdeiros do povo soviético", disse Lukashenko em um discurso pela festa de 9 de maio, quando os países da ex-URSS celebram a vitória sobre os nazistas em 1945.

"É por isto que inundam a Ucrânia de armas", afirmou, antes de acusar as "elites ocidentais" de transformar o país vizinho da Rússia em um "monstro" e elevar "o nazismo ao nível de ideologia de Estado".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Não é nenhum segredo que todo o mundo ocidental está em guerra com a Rússia na Ucrânia", disse Lukashenko, de 67 anos, que governa Belarus com mão de ferro desde 1994. Ele é o aliado mais próximo de Vladimir Putin e cedeu o território do país para a ofensiva russa.

"Mais de 50 países ocidentais estão unidos contra a Rússia", afirmou.

Ele também denunciou as sanções ocidentais adotadas contra a Rússia e Belarus e disse que as "tentativas de asfixiar" o país "apenas o deixarão mais forte".

"Nem jurídica nem moralmente os bielorrussos têm o direito de não apoiar a Rússia", insistiu.

"Nós estamos sozinhos com a Rússia. E vocês são 50", afirmou Lukashenko.

bur/sg/mis-jvb/mb/fp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar