Participamos do

Somália avança para eleições presidenciais com designação de líderes do Parlamento

10:46 | Abr. 28, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Somália concluiu nesta quinta-feira uma nova etapa do processo para eleições presidenciais, que registra um atraso de mais de um ano, com a designação dos presidentes das duas câmaras do Parlamento.

O xeque Adan Mohamed Nur, mais conhecido como xeque Adan Madobe, 66 anos, foi eleito presidente da Câmara Baixa do Parlamento por 163 votos de um total de 252, após dois turnos.

A votação aconteceu sob uma tenda montada no aeroporto internacional de Mogadíscio, que está sob rígidas medidas de segurança após vários atentados do movimento extremista Al Shebab.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na terça-feira, outro veterano da política somali, Abdi Hashi Abdullahi, de 76 anos, foi eleito presidente da Câmara Alta do Parlamento, que agora deve anunciar uma data para a eleição presidencial.

A Somália é um dos países mais pobres do mundo. Quase 70% dos moradores vivem com menos de 1,9 dólar por dai. O país tenta superar décadas de guerra civil e enfrenta atualmente os islamitas do Al Shebab.

Os militantes do Al Shebab, vinculados à Al-Qaeda, lutam há mais de 10 anos contra o Estado somali.

Os insurgentes, expulsos das principais cidades do país, incluindo a capital Mogadíscio em 2011, mantêm a presença em amplas zonas rurais. Nos últimos meses, o grupo intensificou os ataques.

nur/amu/txw/jhd/mis/zm/fp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar