Participamos do

Sem técnico, Athletico quer 1ª vitória na Libertadores contra o The Strongest

14:22 | Abr. 13, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Sem treinador desde a demissão de Alberto Valentim, o Athletico Paranaense recebe nesta quinta-feira em Curitiba o The Strongest em busca de sua primeira vitória no Grupo B da Taça Libertadores.

Na primeira rodada, o time brasileiro ficou no 0 a 0 com o Caracas na Venezuela, enquanto os bolivianos empataram em 1 a 1 com o Libertad em La Paz.

Valentim, que foi campeão da Sul-Americana no ano passado com o Athletico, foi demitido no último domingo após a derrota por 4 a 0 para o São Paulo na primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O clube anunciou o auxiliar Lucho González como substituto, mas o ex-jogador argentino renunciou ao posto depois de 24 horas. Com isso, o assistente Mauricio Souza deve dirigir a equipe contra o The Strongest.

O 'Furacão' também quer vencer para aliviar a crise e ganhar confiança para receber no próximo fim de semana o Atlético Mineiro pelo Brasileirão.

"Temos que mudar nossa atitude. Se quisermos jogar em alto nível, temos que jogar de igual para igual contra equipes como São Paulo, Flamengo, Atlético Mineiro. Não podemos ficar atrás esperando um contra-ataque. Temos jogadores para dominar a partida", disse o experiente meia Marlos.

O Athletico, que sob o comando de Valentim era questionado por sua postura reativa, ainda busca se adaptar às recentes mudanças no elenco.

O clube já fez nesta temporada as três contratações mais caras de sua história (o argentino Tomás Cuello, o uruguaio Agustín Canobbio e o brasileiro Vitor Roque), que se unem a jogadores como Marlos, Pablo, Hugo Moura, Matheus Fernandes, Bryan García e Jean Pyerre.

O Athletico também tem muitas baixas para o jogo de amanhã. Além de Vitor Roque, que ainda não foi inscrito, estão no departamento médico Matheus Babi, Thiago Heleno, Dedé, Nicolás Hernández, Lucas Fasson, Erick, Matheus Fernandes, Kawan, Léo Cittadini, Julimar e Reinaldo, enquanto Pablo é dúvida com dores na coxa.

Por sua vez, o The Strongest quer melhorar seu desempenho no Brasil, onde tem 14 derrotas em 15 jogos, sendo a única vitória contra o São Paulo em 2016.

O técnico argentino Cristian Leonel Díaz poupou o time titular na derrota pro 1 a 0 para o Aurora na última segunda-feira pelo Campeonato Boliviano, onde o 'Tigre' ocupa a terceira colocação.

"Sabemos que o Athletico é um grande clube e todos os times brasileiros são difíceis, seja jogando em casa ou como visitate, mas temos nossas armas e acreditamos que podemos sair com um bom resultado", disse o meia Juan Cascini.

Prováveis escalações:

Athletico Paranaense: Bento - Orejuela, Pedro Henrique, Lucas Halter, Abner - Hugo Moura, Cristian, Terans - Tomás Cuello, Marcelo Cirino e Vitor Bueno. Técnico: Mauricio Souza.

The Strongest: Vizcarra - Wayar, Castillo, Banegas, Aponte - Saucedo, Calleros, Cascini - Vaca, Esparza e Triverio. Técnico: Cristian Leonel Diaz.

prb/raa/app/ol/cb

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1