Participamos do

Rainha Elizabeth II sentiu-se "exausta" após ter covid-19

19:37 | Abr. 10, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A rainha Elizabeth II se sentiu "exausta" após ter sido infetada com a covid-19 em fevereiro, revelou a monarca britânica, que em breve completará 96 anos, durante uma videoconferência com pessoal de saúde.

Quando Elizabeth II testou positivo para covid-19, manifestou "sintomas leves", segundo o Palácio de Buckingham.

O vírus deixa "muito cansado e exausto, não é?", perguntou a rainha a Asef Hussain, um paciente que teve covid-19, durante a inauguração virtual de uma unidade de atendimento médico que leva seu nome no Royal London Hospital, na capital britânica.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Antes de adoecer, Elizabeth II já havia tido que reduzir sua agenda em outubro, depois de passar uma noite no hospital, embora a causa dessa internação nunca tenha sido revelada.

Desde o início da pandemia, mora no Castelo de Windsor, a cerca de 40 quilômetros da capital, e tem dificuldades para se locomover.

Na semana passada, a rainha participou de uma cerimônia religiosa em homenagem ao seu marido, o príncipe Philip, que faleceu há um ano, seu primeiro ato público após meses de ausência.

No final da videoconferência com a equipe médica, Elizabeth II conversou com a equipe de construção que levantou a unidade de cuidados em poucas semanas, devidou ao aumento do número de doentes.

"É interessante, quando algo vital acontece, todos trabalham juntos. É maravilhoso, não é?", acrescentou.

Os funcionários do sistema de saúde pública do Reino Unido, o NHS, trabalharam sob muita pressão durante a pandemia, suportando longos turnos, equipamentos pesados e o risco de infectar a si mesmos e suas famílias.

Cerca de 33.000 profissionais de saúde do NHS deixaram seus cargos entre julho e setembro de 2021, 7.000 deles para encontrar um melhor equilíbrio em suas vidas, segundo estatísticas oficiais. É mais que o dobro no último trimestre de 2019, pouco antes da pandemia.

vg/mr/grp/mis/ap

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar