Participamos do

Patriarca Cirilo I pode unidade com o poder frente aos 'inimigos' da Rússia

10:22 | Abr. 10, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O patriarca ortodoxo Cirilo I, um dos pilares do regime de Vladimir Putin, pediu, neste domingo (10), para a população se unir em torno do poder para lutar contra os "inimigos externos e internos" da Rússia, em pleno conflito na Ucrânia.

"Neste período difícil para nossa pátria, que o Senhor ajude a cada um de nós a nos apoiarmos mutuamente, inclusive em torno do governo, e que ajude o poder a ser responsável pelo povo e a servi-lo com humildade e boa vontade, inclusive dar a sua própria vida", disse Cirilo I em uma missa em Moscou.

"Assim como surgirá a verdadeira solidariedade em nosso povo, assim como a capacidade de repelir os inimigos externos e internos e de construir uma vida com mais bondade, verdade e amor", disse, citado pela agência estatal de notícias TASS.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O líder da igreja ortodoxa russa, que conta com 150 milhões de fiéis em todo o mundo - principalmente na Rússia -, deu vários sermões em apoio à ofensiva do governo russo na Ucrânia.

Em 27 de fevereiro, considerou a invasão como uma luta contra "as forças do mal" que se opõem à "unidade" histórica entre a Rússia e a Ucrânia.

Assim como o presidente Putin, Cirilo I defende os valores conservadores diante de um Ocidente que considera decadente.

bur/pc/mis/dd/mvv

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar