Participamos do

Chile vai reabrir fronteiras terrestres com Argentina, Peru e Bolívia

20:12 | Abr. 10, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O Chile abrirá em 1º de maio todas as fronteiras terrestres do país que permaneciam fechadas como medida preventiva devido à pandemia, informou o governo neste domingo (10) por meio de um comunicado.

"O Ministério do Interior e Segurança Pública, junto com o Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Saúde da República do Chile, confirmam a abertura de todas as passagens de fronteira terrestre a partir do próximo dia 1º de maio de 2022", disse o ministério em sua conta no Twitter.

No mesmo documento, precisou que na próxima terça-feira, 12 de abril, serão anunciadas as "medidas específicas do ponto de vista sanitário" que serão implementadas para uma travessia de fronteira adequada.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

As fronteiras foram fechadas em 17 de março de 2020, após registrarem os primeiros casos de covid-19 no país. Com o controle da pandemia e o processo de vacinação, o Chile fez uma abertura gradual.

Desde novembro de 2021, está aberta a fronteira aérea. Primeiro, através do aeroporto de Santiago e, posteriormente, os voos foram retomados em mais três terminais aéreos (Antofagasta e Iquique no norte e Punta Arenas no sul).

Em 22 de dezembro foram abertas as cinco primeiras passagens de fronteira com a Argentina.

Com o anúncio deste domingo, as conexões terrestres com a Bolívia e o Peru no norte, no deserto do Atacama, estarão novamente disponíveis.

Nos últimos dois anos, essas áreas registraram um alto fluxo de migrantes irregulares para o Chile, principalmente cidadãos venezuelanos.

apg/dl/ap

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar