Participamos do

EUA: Yellen vai pressionar por ajuda a países que enfrentam insegurança alimentar

09:23 | Abr. 06, 2022
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, vai pressionar nesta quarta-feira (6) que bancos de desenvolvimento multilaterais destinem recursos a países que estejam enfrentando problemas de segurança alimentar em função da guerra da Rússia na Ucrânia, segundo texto de testemunho divulgado com antecedência.

Yellen irá discursar no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes dos EUA, a partir das 11h (de Brasília).

No texto, Yellen pede que instituições, como o Banco Mundial e o Banco Europeu para Reconstrução e Desenvolvimento (EBRD, na sigla em inglês), ampliem formas de lidar com a segurança alimentar, "incluindo investimentos de longo prazo na produtividade agrícola e infraestrutura agrícola".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo Yellen, instituições financeiras internacionais, incluindo o Fundo Monetário Internacional (FMI), terão um papel fundamental para a superação dos efeitos do conflito na Ucrânia, "que estão intensificando vulnerabilidades econômicas em muitos países" já fragilizados pela pandemia de covid-19.

"O FMI, o Banco Mundial e o EBRD serão parceiros fundamentais na reconstrução da Ucrânia, junto com doadores bilaterais, e eles também oferecerão apoio vital a países vizinhos que recebem refugiados", afirma Yellen.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar