Participamos do

Lagarde: outras sanções contra a Rússia serão elaboradas

17:26 | Mar. 25, 2022
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, afirmou nesta sexta-feira, 25, que outras sanções à Rússia serão elaboradas. Segundo ela, as sanções já aplicadas estão sendo extremamente eficazes, como a que congelou ativos do BC do país. "Não é o povo da Rússia que deve sofrer essas restrições, mas sim o regime", destacou, em entrevista à CNN.

Com a atenuação da pandemia e as perspectivas econômicas, "parecia que tudo estava muito bom. Quase bom demais para ser verdade. E aí, a guerra estourou", disse Lagarde. A presidente reforçou que é a incerteza gerada pela guerra que "descompassa" todo o resto e leva os países a deixarem todas as opções em aberto. "Precisamos de mais flexibilidade e certeza de que vamos constantemente revisitar nossas projeções para definir nossa política monetária".

Para Lagarde, remédios fiscais ainda são necessários para a economia europeia. "Há muito que a política monetária pode fazer, e a política monetária seguirá seu curso, mas as autoridades devem pensar no apoio fiscal e nas pessoas mais vulneráveis ao choque que estamos sofrendo", afirmou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A autoridade destacou ainda o peso de ativos de energia na composição dos preços. "A energia, que tem um papel crítico nesse momento, precisa de nossa total atenção", disse. Cada um dos 27 países da União Europeia tem um grau diferente de dependência do petróleo e gás russo. "A média é de 22%, mas há uma divergência muito grande entre cada Estado-membro". Lagarde afirmou ser necessário acelerar o programa de energia verde no bloco e confiar em parceiros e aliados, o que torna "a relação entre UE e Estados Unidos bem importante", observou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar