Participamos do

Otan equipa suas forças no Leste Europeu contra ameaças nucleares, químicas ou biológicas

11:56 | Mar. 24, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)vai equipar suas forças de combate posicionadas nos países de seu flanco oriental com proteção contra ameaças químicas, biológicas e nucleares, anunciou, nesta quinta, o Secretário-Geral da Aliança, Jens Stoltenberg.

Os membros da Aliança, "preocupados" pela possível utilização dessas armas na Ucrânia por parte da Rússia, também acordaram em uma reunião em Bruxelas "abastecer equipamentos para ajudar a Ucrânia se proteger dessas ameaças", expressou Stoltenberg.

"Poderia se tratar de detecção, equipamento, proteção e apoio médico, assim como formação sobre contaminação e de gestão de crise", acrescentou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Melhoramos também o estado de preparação das forças" dos países da Otan, disse Stoltenberg.

"O comandante supremo das forças militares da Aliança, o general Walters, ativou os elementos de defesa química, biológica, radiológica e nuclear da Otan e nossos aliados (os países da Otan) possuem os meios de defesa para reforçar as forças dos Grupos Táticos", prosseguiu.

"Tomamos essas medidas para apoiar a Ucrânia e nos defendermos", assegurou.

Os membros da Otan acordaram ajudar a Ucrânia. O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, se dirigiu à cúpula da aliança militar transatlântica para insistir sobre "a importância vital de fornecer mais ajuda militar ao seu país", disse Stoltenberg.

ahg/es/js/dd

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar