Participamos do

Otan deve enviar equipamento de defesa nuclear à Ucrânia

12:26 | Mar. 23, 2022
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jens Stoltenberg, disse nesta quarta-feira, 23, que a aliança deve fornecer à Ucrânia equipamentos de defesa contra ataques químicos ou nucleares, em meio à ofensiva militar russa no país.

Na véspera da cúpula extraordinária de líderes da Otan, Stoltenberg revelou que espera que os participantes do encontro acertem o fornecimento de mais apoio para que Kiev se defenda dessa ameaça. "Estamos preocupados com o uso de armas químicas ou biológicas", ressaltou o secretário-geral da aliança.

União Europeia

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em discurso ao Parlamento Europeu, o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, destacou que a Rússia "sozinha" é responsável por esta guerra na Ucrânia. "Atacar crianças e civis é crime, e a Rússia será punida pela Justiça", afirmou, nesta quarta-feira.

Michel iniciou o discurso destacando que a Ucrânia lida, há um mês, com "destruição, devastação e terror russo". O líder frisou os ataques e prejuízos para a cidade de Mariupol e elogiou ucranianos por sua coragem em proteger seu país. "Os ucranianos estão lutando também por nossos valores e princípios comuns".

"Com nossos parceiros, impusemos as sanções mais duras na história", disse Michel, que afirmou estarem preparados para "fazer ainda mais para parar a máquina de Putin". Os assuntos devem ser debatidos ainda nos próximos encontros do G-7 e Conselho Europeu, afirmou o presidente.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar