Participamos do

Coronavírus reaparece no norte dos EUA enquanto fundos diminuem

21:06 | Mar. 23, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A covid-19 retorna a regiões do nordeste dos Estados Unidos com a variante BA.2, que vai se tornando a cepa dominante, informaram autoridades nesta quarta-feira (23), enquanto o Congresso é pressionado a aprovar novos fundos para combater a doença, necessários para não comprometer o fornecimento de futuros tratamentos e vacinas.

O país registra uma média de 28.600 casos por dia, bem abaixo do último pico de contágio, de mais de 800.000 infecções diárias em média em janeiro. As mortes por covid-19 são de cerca de 900 por dia.

A diretora do Centros para o Controle de Doenças (CDC), Rochelle Walensky, disse que havia sinais prematuros de uma nova onda de infecções. "Vimos um leve aumento dos casos relatados no estado e na cidade de Nova York e alguns aumentos no número de pessoas hospitalizadas na Nova Inglaterra, especificamente onde a variante BA.2 atingiu níveis de 50% (prevalência)", citou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A nova variante não parece causar uma forma mais grave da doença do que a ômicron original, BA.1, nem parece mais provável que escape da proteção imunológica, porém é mais transmissível. Atualmente, 35% dos casos em todo o país são causados pela variante BA.2, que deve se tornar a cepa dominante nos Estados Unidos.

O novo surto de coronavírus ocorre depois que o Congresso se recusou a adicionar US$ 22,5 bilhões ao financiamento da resposta à covid em um projeto de lei aprovado na semana passada. "Nesta etapa, nossos recursos se esgotaram", disse o secretário de Saúde, Xavier Becerra.

O coordenador da resposta contra a covid da Casa Branca, Jeff Zients, afirmou que havia mantimentos suficientes para aplicar a quarta dose de vacina em imunossuprimidos e idosos. "No entanto, se a ciência mostrar que a quarta dose é necessária para a população em geral até o fim do ano, não temos os suprimentos necessários para garantir que haja doses gratuitas e facilmente disponíveis para todos os americanos", acrescentou.

"A falta de ação do Congresso nos fará retroceder, deixando-nos menos preparados e custando mais vidas", alertou o funcionário.

ia/caw/cjc/ag/lb

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar