Participamos do

Paquetá sai em defesa de Neymar após críticas na França

16:16 | Mar. 22, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O meio-campo Lucas Paquetá defendeu Neymar, seu companheiro de equipe na seleção brasileira, das críticas recentes feitas na França devido à eliminação do Paris Saint-Germain da Liga dos Campeões e das derrotas no campeonato francês.

"O Neymar, acima de tudo, é uma grande pessoa, um grande profissional, que tem um talento incrível e que sem dúvidas é o melhor jogador da seleção brasileira", disse", disse nesta terça-feira o meia do Lyon em coletiva de imprensa en Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro, onde a Seleção está concentrada.

"Tê-lo conosco é um privilégio. Particularmente, quando tenho o Neymar do meu lado me sinto muito mais forte, assim como meus companheiros. E ele também sente o mesmo quando está na seleção, a gente se motiva mais, se abraça mais, isso nos torna mais fortes", acrescentou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O camisa 10 do Brasil tem sido alvo de críticas da imprensa francesa e de torcedores do PSG nas últimas semanas em meio à eliminação nas oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Real Madrid e às duas derrotas nos últimos três jogos dos parisienses no campeonato francês.

No jogo seguinte da Ligue 1 após a derrota para os 'merengues', na vitória do PSG por 3 a 0 sobre o Bordeaux, que consolidou o time da capital na liderança, o craque brasileiro foi vaiado por torcedores.

"A cobrança existe, independente de momento. O PSG foi eliminado e a imprensa e os torcedores vão cobrar sobre isso. Ele vem se recuperando de uma lesão, vem cada vez mais forte para nos ajudar na Seleção", apontou Paquetá, parceiro de 'Ney' no setor criativo do Brasil.

Neymar é uma das principais novidades da convocação de Tite para a última rodada dupla das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar, para a qual o Brasil já está classificado.

O meia ficou de fora dos dois últimos jogos por lesão, mas deve enfrentar o Chile na quinta-feira no Maracanã e a eliminada Bolívia na terça-feira em La Paz.

Sobre o duelo contra os chilenos, que precisam vencer para chegar mais perto da zona de classificação ou da repescagem, Paquetá garantiu que os pentacampeões, líderes invictos das eliminatórias sul-americanas, consideram um "jogo difícil" de "preparação" para o Catar.

"Independentemente da motivação deles, a nossa motivação é muito clara, é a Copa do Mundo, é a preparação. A gente coloca isso no nosso vestiário, no nosso dia a dia, nos treinamentos, para levar a campo seja lá qual adversário for", explicou.

raa/app/aam

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Leia Mais.

Aceitar