Participamos do

Nobel da Paz russo Muratov doa sua medalha a favor de refugiados ucranianos

08:41 | Mar. 22, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O jornalista russo Dmitri Muratov anunciou, nesta terça-feira (22), que a medalha de seu prêmio Nobel da Paz 2021 fará parte de uma venda beneficente, cuja renda será dedicada aos refugiados ucranianos e aos feridos na ofensiva russa.

O jornal Novaïa Gazeta, do qual é editor-chefe, "decidiu doar a medalha do Prêmio Nobel da Paz 2021 para um fundo destinado a ajudar os refugiados ucranianos", disse Muratov, em um comunicado divulgado no site do veículo.

O valor da medalha, de ouro e prata, será estimado por uma casa de leilões e depois será posta à venda, completou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Muratov acrescentou que o Novaïa Gazeta, último bastião da imprensa livre ainda ativo na Rússia, também quer ajudar "os civis refugiados, as crianças feridos e os doentes que precisam de um tratamento urgente".

O jornal também pediu medidas "imediatas" na Ucrânia: cessar-fogo, troca de prisioneiros, restituição dos corpos das vítimas, ajuda aos civis e instauração de corredores humanitários.

Cerca de 3,5 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia desde o início da ofensiva russa, em 24 de fevereiro, segundo a ONU.

Novaïa Gazeta é conhecido por suas investigações sobre corrupção e violações dos direitos humanos na Chechênia. Este compromisso custou a vida de seis de seus funcionários desde 1990. Entre eles, está a jornalista Anna Politkovskaya, assassinada em 2006.

bur/pz/bl/mis/tt

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags