Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Principal tribunal da ONU se pronuncia sobre a invasão russa da Ucrânia

06:11 | Mar. 16, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Corte Internacional de Justiça (CIJ) anunciará nesta quarta-feira em Haia o veredicto sobre a demanda apresentada pelo governo de Kiev, que pede ao principal tribunal da ONU que ordene à Rússia o fim imediato da invasão da Ucrânia.

A CIJ se pronunciará em uma audiência a partir das 16h00 (12h00 de Brasília) sobre um pedido urgente da Ucrânia, apresentado poucos dias após o início da invasão russa, em 24 de fevereiro.

O governo de Kiev considera que a Rússia justificou ilegalmente a invasão, alegando um falso genocídio contra as populações de língua russa nas regiões ucranianas de Donetsk e Lugansk.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A Ucrânia deseja que a CIJ, criada em 1946 para resolver disputas entre Estados, adote medidas de emergência, conhecidas como medidas cautelares, para ordenar à Rússia que "suspenda imediatamente as operações militares".

"É necessário parar a Rússia e o tribunal tem um papel a desempenhar", afirmou o representante da Ucrânia, Anton Korynevych, em uma audiência.

Em quase três semanas de conflito, mais de três milhões de pessoas fugiram da Ucrânia. As delegações russa e ucraniana retomaram as negociações na terça-feira, enquanto os ataques das tropas de Moscou são cada vez mais intensos contra Kiev e a ofensiva é ampliada por todo o país.

jhe/cvo/pc/zm/fp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar