Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Putin acusa forças ucranianas de 'violações flagrantes' do direito humanitário

11:20 | Mar. 12, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O presidente russo, Vladimir Putin, acusou neste sábado (12) as forças ucranianas de "violações flagrantes" do direito humanitário e pediu a seu colega francês Emmanuel Macron e ao chanceler alemão Olaf Scholz que pressionem Kiev a acabar com elas.

Durante um telefonema com seus dois homólogos, Putin mencionou "assassinatos extrajudiciais de opositores", "tomada de reféns civis" e seu "uso como escudo humano", bem como a "distribuição de 'armas pesadas' em áreas residenciais, perto de hospitais, escolas e creches', de acordo com um comunicado do Kremlin.

Também culpou os "batalhões nacionalistas" ucranianos de "perturbar sistematicamente as operações de resgate e intimidar os civis que tentam evacuar" as zonas de combate.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Vladimir Putin pediu a Emmanuel Macron e a Olaf Scholz a influenciar as autoridades de Kiev para por fim a estas ações criminosas", acrescentou o Kremlin.

bur/rsc/eg/aa/dd

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar