Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Presidente da Ucrânia diz que invasão russa deixa 'cerca de 1.300' soldados ucranianos mortos

13:00 | Mar. 12, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

"Cerca de 1.300 militares ucranianos" foram mortos desde o início da invasão russa em 24 de fevereiro, disse o presidente ucraniano Volodimir Zelensky em uma entrevista coletiva em Kiev neste sábado (12).

"Temos cerca de 1.300 soldados mortos", declarou o presidente ucraniano, sem dar mais detalhes sobre esse balanço, o primeiro dado pelas autoridades ucranianas desde o início do conflito em 24 de fevereiro.

Zelensky disse ainda que o exército russo havia perdido "cerca de 12.000 homens", numa "relação de um para dez, o que, no entanto, não me deixa feliz", declarou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em 2 de março, o exército russo (que mobilizou cerca de 150.000 soldados) afirmou ter perdido 500 soldados, número que não foi atualizado desde então.

Com intensos combates em muitas cidades do país, principalmente o cerco da cidade portuária de Mariupol no Mar de Azov e perto de Kiev, o Pentágono estimou em 8 de março que as perdas russas variavam de 2.000 a 4.000 soldados.

bur-neo-cat/edy/cls/mis/eg/grp/eg/aa

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar