Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Três pessoas, incluindo uma criança, morreram em ataque a hospital pediátrico de Mariupol

05:50 | Mar. 10, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Três pessoas, incluindo uma menina, morreram no bombardeio russo contra um hospital pediátrico em Mariupol na quarta-feira, informou nesta quinta-feira a prefeitura da cidade portuária do leste da Ucrânia.

O anúncio foi feito no aplicativo Telegram. O balanço anterior da prefeitura de Mariupol citava 17 pessoas feridas no ataque.

Uma quarta pessoa morreu nesta quinta-feira em um bombardeio, informou a prefeitura em outro comunicado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"As tropas russas destroem deliberada e impiedosamente a população civil de Mariupol", denunciou o governo local, que na véspera informou a morte de mais de 1.200 habitantes em nove dias de cerco ao porto estratégico do Mar de Azov.

O ataque contra o hospital provocou a indignação das autoridades ucranianas e ocidentais.

O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, que condenou um "crime de guerra", mostrou vídeos da destruição do centro médico, que incluía uma maternidade e um hospital pediátrico. As imagens mostram edifícios atingidos pelo bombardeio, escombros, além de papéis e vidro espalhados pelo chão.

O ataque aconteceu na véspera do encontro na Turquia entre os ministros russo e ucraniano das Relações Exteriores, Serguei Lavrov e Dmytro Kuleba, na primeira reunião de alto nível entre os países desde o início da invasão russa em 24 de fevereiro.

ant/vl/es/zm/fp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar