Participamos do

PlayStation e Nintendo suspendem envios de produtos à Rússia

Um número crescente de empresas multinacionais, como McDonald's, Adidas e Samsung, suspenderam total ou parcialmente os negócios na Rússia após a invasão do país vizinho em 24 de fevereiro
06:00 | Mar. 10, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

Nintendo e PlayStation anunciaram nesta quinta-feira (10) a suspensão dos envios de produtos para a Rússia, no momento em que grandes marcas internacionais suspendem as operações no país devido à invasão da Ucrânia.

A Sony, proprietária do PlayStation, anunciou em um comunicado que sua unidade de jogos se une à comunidade global pedindo paz na Ucrânia".

"Suspendemos todas as remessas de software e hardware, o lançamento do Gran Turismo 7 e as operações da PlayStation Store na Rússia", acrescentou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A gigante de tecnologia japonesa também anunciou que doará dois milhões de dólares à agência de refugiados da ONU e à organização Save the Children "para apoiar as vítimas desta tragédia".

Um porta-voz da Nintendo disse à AFP que a empresa com sede em Kyoto, proprietária do popular console Switch, suspendeu o envio de todos os seus produtos para a Rússia "por enquanto", sem revelar detalhes sobre o início da aplicação da medida.

"Há duas razões. Uma é que nossa loja eletrônica (na Rússia) está em manutenção desde 4 de março porque o provedor de pagamento suspendeu as transações em rublos. Outra é a interrupção logística", disse o porta-voz.

Um número crescente de empresas multinacionais, como McDonald's, Adidas e Samsung, suspenderam total ou parcialmente os negócios na Rússia após a invasão do país vizinho em 24 de fevereiro.

Alguns citaram interrupções na cadeia de suprimentos e outros o vincularam à decisão do presidente russo, Vladimir Putin, de enviar tropas para a Ucrânia.

 

kaf/leg/mas/dl/am

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags