Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Modric, que viveu guerra nos Bálcãs, deseja "acordo" que encerre conflito na Ucrânia

18:03 | Mar. 08, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O meia croata do Real Madrid Luka Modric manifestou sua tristeza pela invasão russa da Ucrânia, e expressou seu desejo de que haja um entendimento em breve para acabar com a guerra e que "pessoas inocentes" parem de morrer.

"É uma questão muito complicada para todos. Espero que termine o mais rápido possível porque não faz bem a ninguém", disse o vice-campeão mundial de 2018 na coletiva de imprensa antes da partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Paris Saint-Germain na capital espanhola.

O meio-campista croata, que quando criança viveu a guerra dos Bálcãs na década de 1990, expressou sua esperança de que "as pessoas que lideram esses países cheguem a um acordo".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"A guerra é inútil, eu vivi uma e não gosto de ver essas imagens, é uma grande tristeza para todos o que está acontecendo ao nosso lado", acrescentou. "É uma coisa terrível e espero que acabe o mais rápido possível", disse ele, lembrando que "morrem pessoas inocentes e isso é ruim".

gr/mcd/aam

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar