Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

China ressalta amizade com a Rússia e declara disposição a participar em "mediação"

06:12 | Mar. 07, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A amizade entre China e Rússia permanece forte, apesar da condenação internacional da invasão russa da Ucrânia, afirmou o ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, nesta segunda-feira, antes de destacar que seu país está disposto a participar em uma "mediação" de paz.

"A amizade entre os dois povos é sólida como uma rocha e os projetos de cooperação entre as partes são imensos", disse Wang.

O ministro acrescentou que a China enviará ajuda humanitária a Ucrânia e que o país está disposto, "se for necessário", a "trabalhar com a comunidade internacional em uma mediação" para acabar com a guerra.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"China e Rússia, membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, são (...) sócios estratégicos muito importantes um para o outro", respondeu ao ser questionado sobre a posição de Pequim a respeito das sanções internacionais contra Moscou.

Wang considerou ainda que os dois países "contribuem" para a paz e estabilidade do mundo.

A amizade entre os dois países "é um exemplo de relação digna, onde os dois países se ajudam e se apoiam mutuamente", afirmou no mês passado o presidente russo Vladimir Putin.

lxc/rox/mtp/bl/zm/fp

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar