Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Rússia bloqueia Mediazona, um dos últimos meios independentes no país

11:47 | Mar. 06, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O site informativo Mediazona, uma das últimas vozes independentes na Rússia, disse neste domingo (6) que foi bloqueado pelas autoridades devido à sua cobertura sobre a invasão da Ucrânia.

O órgão regulador das comunicações na Rússia, o Roskomnadzor, "começou a bloquear o Mediazona", afirmou o site em comunicado. A AFP constatou que o veículo figurava na lista oficial de páginas de internet bloqueadas na Rússia.

Esta medida foi tomada "porque cobrimos honestamente o que acontece na Ucrânia e chamamos uma invasão de invasão, e uma guerra de guerra", assinalou o Mediazona.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O poder russo acaba de iniciar uma "censura militar e quase não há mais meios independentes no país", acrescentou o veículo de informação.

Desde o início da ofensiva contra a Ucrânia, em 24 de fevereiro, as autoridades russas apertaram ainda mais o cerco contra a imprensa e as redes sociais no país e adotaram na última semana uma lei que estabelece duras penas de prisão pela difusão de "informações falsas" sobre o exército.

Muitos especialistas estimam que nenhum meio de comunicação russo independente poderá sobreviver no país, nem sequer o renomado jornal Novaya Gazeta, cujo editor-chefe recebeu o prêmio Nobel da Paz em 2021.

Mediazona é uma publicação online que cobre, entre outros, temas judiciais de ativistas políticos, manifestações da oposição e casos de abusos contra presos.

O veículo foi fundado em 2014 por integrantes do grupo militante Pussy Riot, Nadezhda Tolokonnikova e Maria Alyokhina, depois que elas passaram um período presas por interpretar uma "oração punk" na principal igreja de Moscou em 2012.

bur/ia/es/zm/rpr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar