Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

EUA afirmam que há relatos 'bastante críveis' de crimes de guerra da Rússia na Ucrânia

13:12 | Mar. 06, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, classificou neste domingo (6) como "bastante críveis" os relatos que dão conta de "crimes de guerra" cometidos pela Rússia durante a invasão da Ucrânia, em entrevista à emissora CNN.

"Recebemos relatos bastante críveis de ataques deliberados contra civis, o que constituiria um crime de guerra", disse Blinken ao programa "State of the Union" da CNN, e acrescentou que os Estados Unidos "estavam avaliando" estas informações.

O chefe da diplomacia americana, que fez essas declarações na Moldávia, após um encontro com autoridades na Polônia e na fronteira com a Ucrânia, considerou que a guerra poderia "durar algum tempo", mas que o presidente russo Vladimir Putin "estava condenado a perder".

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Ganhar uma batalha não é ganhar a guerra. Tomar uma cidade não significa que ele [Putin] conquistará os corações e as almas do povo ucraniano", afirmou. "O povo ucraniano demonstrou que não permitirá ser anexado e governado por Vladimir Putin e pela Rússia", frisou.

No 11º dia da invasão da Ucrânia, a ofensiva russa sobre Kiev no norte continua com o reforço de bombardeios sobre cidades ucranianas que resultaram na morte de dezenas de civis, em especial em Chernihiv, situada 150 quilômetros ao norte da capital.

Segundo as Nações Unidas, mais de 1,5 milhão de pessoas já deixaram a Ucrânia como refugiados e centenas de civis morreram.

mlm/bbk/llu/cjc/rpr

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar