Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Blinken não descarta sanção contra energia da Rússia, mas adverte contra redução da oferta

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, disse nesta sexta-feira, 4, que "nada está fora da mesa" sobre potenciais sanções contra a Rússia pela invasão militar na Ucrânia. Durante entrevista coletiva, porém, ele também disse que os EUA não têm o interesse estratégico de reduzir a oferta global de energia. "O efeito imediato será o aumento dos preços nas bombas para os americanos, e também uma maior receita para a Rússia", comentou sobre a possibilidade de o petróleo subir mais.

Blinken também destacou o apoio americano para enviar gás à Europa, a fim de que o continente possa diversificar sua oferta de gás, reduzindo a dependência da Rússia.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar