Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Assembleia Geral da ONU exige que Rússia acabe com guerra na Ucrânia

15:05 | Mar. 02, 2022
Autor AFP
Tipo Notícia

A Assembleia Geral da ONU aprovou por maioria nesta quarta-feira (2) uma resolução para exigir que a Rússia cesse a invasão à Ucrânia e a retirada das tropas russas do país vizinho.

A resolução foi aprovada por 141 votos a favor, cinco contra e 35 abstenções. O Brasil esteve entre os países que votaram a favor. Rússia, Belarus, Coreia do Norte, Eritreia e Síria votaram contra, enquanto, entre outros, China, Bolívia, Cuba, El Salvador, Índia, Irã, Iraque, Cazaquistão, Nicarágua e Paquistão se abstiveram.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O texto aprovado, promovido por europeus e pela Ucrânia, "deplora nos termos mais fortes a agressão da Federação da Rússia contra a Ucrânia", em violação ao artigo 2 da Carta das Nações Unidas, que proíbe recorrer à ameaça ou ao uso da força e insta todos os membros a respeitarem a soberania, a integridade territorial e a independência política de qualquer Estado.

A Assembleia Geral da ONU se reuniu na segunda-feira em caráter excepcional para obter uma condenação da invasão russa da Ucrânia, que terminou nesta quarta-feira com a votação da resolução após o fracasso de um texto similar no Conselho de Segurança na sexta-feira passada com um veto da Rússia.

O embaixador da União Europeia na ONU, Olof Skoog, disse ao final da votação que esta mostra que "o mundo está com a Ucrânia" e o "isolamento" da Rússia.

"Isto é sobre se escolhemos tanques e mísseis ou diálogo e diplomacia", afirmou. "A Rússia optou pela agressão. O mundo, pela paz", disse.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar